//
10 filmes, uma temática: a dor e a delícia de ser mulher

Por Amanda Nunes

preciosagrande

Foxfire- confissões de uma gangue de garotas

Se as mulherem sofrem preconceitos e abusos hoje, imagina em 1950. Cansadas de viver subjugadas às regras da sociedade americana, cinco adolescentes fora da lei criam a gangue Foxfire.

 E o vento levou

A temática do filme não gira exatamente em torno no universo feminino por si só. Mas quem viu o filme não consegue esquecer de arrepiante  Scrallet O’Hara e seu discuro “ Eu nunca mais passarei fome novamente”.

Terra Fria

Maternidade, minério e violência sexual. O filme mostra como muitas lutas são caladas.

Acusados

Aqui a cultura do estupro é o questionamento. Como se proteger se o sistema penal culpa a vítima pela agressão sofrida? Jodie Foster nos responde!

 Anjos do Sol

Exploração sexual infantil é uma pauta bem recorrente no país em que vivemos. Por mais absurdo que vos pareça, ela existe! E está retratada em Anjos do Sol com a história de Maria, uma menina que é vendida e mandada para um prostíbulo perto de um garimpo na floresta amazônica. Mesmo quando depois de fugir, Maria volta a cruzar com o problema no Rio de Janeiro.

Canto de Cicatriz

A violência sexual contra meninas é mostra sem tabu no documentário Canto de cicatrizes. A partir de depoimentos de vítimas, especialistas, enquetes e versos do escritor psiquiatra Celso Gutfreind o filme narra a dramática histórias de meninas vivem as consequências de terem sofrido abuso sexual.

 O Aborto dos outros

Um filme sobre maternidade, afetividade, intolerância e solidão. O filme mostra os efeitos perversos da criminalização do aborto para as mulheres e ainda aponta a necessidade de uma reflexão sobre a lei brasileira perante o tema.

  As virgens suicidas

As cinco irmãs de uma pacata cidadezinha americana dos anos 70 sabem das dores e das delícias de ser mulher. Cada uma do com seu jeito nos conta isso em Virgens Suicidas, primeiro filme dirigido por Sophia Coppola.

Jogo de Cena

Depoimentos, interpretação? Não dá para distinguir ao certo o que é o quê no documentário. O que dá para afirmar é que são histórias reais de mulheres brasileiras que resolveram se abrir para Eduardo Coutinho em Jogo de cena.

Preciosa

O filme conta a história de Precious Jones, uma adolescente grávida pela segunda vez de seu próprio pai. Além disso, a moça sofre de agressões físicas, psicológicas e todos a sua volta, inclusive sua mãe. A história envolve temas como preconceito, descriminação e violência doméstica.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: